20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das




Название20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das
страница5/276
Дата26.11.2012
Размер2.48 Mb.
ТипДокументы
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   276

PROGRAMA DE GEOGRAFIA



O Programa de Pós-Graduação em Geografia foi implantado na UNICAMP em maio de 2002, após ser aprovado pela CAPES com a nota 4, tendo iniciado suas atividades acadêmicas em agosto daquele mesmo ano, com os níveis de Mestrado e Doutorado.

Linhas de Pesquisa



Sistemas de informação geográfica, análise dos componentes naturais da paisagem e suas transformações: Novos conteúdos do espaço geográfico X novas técnicas de informação territorial e redes telemáticas. Conseqüência epistemológica e empírica das relações, com ênfase na escala global e local.


Dinâmica territorial, sistemas técnicos atuais e novas práticas sócio-espaciais: Paisagem, natureza, ecossistema, geossistema, sistemas ambientais. Análise de processos genético-evolutivos e comportamentais dos componentes do meio físico e dos impactos de uso e ocupação. Tratamento da informação geográfica com ênfase em Sensoriamento Remoto e Sistemas de Informações Georeferenciadas. Análise Espacial com ênfase em Sensoriamento Remoto e Sistemas de Informação Geográfica.


Estas duas linhas de pesquisa atendem a anseios atuais de setores da comunidade geográfica brasileira, que apontam para a necessidade da integração das abordagens sócio-espaciais nascidas na geografia humana a abordagens calcadas em paradigmas ambientais oriundos da geografia física. A inscrição ao curso de Pós-Graduação em Geografia está aberta a profissionais formados em Geografia ou em áreas correlatadas que mantém interface com as ciências geográficas. O número de vagas para os dois cursos é estabelecido anualmente segundo critérios e disponibilidade manifestada pelos docentes orientadores, após consulta a estes, feita pelo Coordenador do Programa. O processo de seleção ocorre anualmente e segue os prazos regulares dispostos nos calendários da UNICAMP.

Para a formação do Mestre em Geografia é exigido o tempo mínimo de 12 meses e máximo de 24 meses, e para a formação do Doutor, o mínimo de 24 meses e o máximo de 48 meses. O corpo docente de programa está constituído pelos seguintes professores orientadores:

CORPO DOCENTE



Professores Plenos:

Adriana Maria Bernardes da Silva, Antônio Carlos Vitte, Archimedes Perez Filho, Arlete Moysés Rodrigues, Arlêude Bortolozzi, Carlos Alfredo Joly, Carlos Roberto Espíndola, , Claudete de Castro Silva Vitte, Daniel Joseph Hogan, Luci Hidalgo Nunes, Márcio Antônio Cataia, Marcos César Ferreira, Maria Tereza Duarte Paes Luchiari, Regina Célia Bega dos Santos, Ricardo Abid Castillo


Professor Participante:

Carlos Roberto de Souza Filho


FACULDADE DE ENGENHARIA MECÂNICA (FEM) e INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS (IG)


CIÊNCIAS E ENGENHARIA DO


PETRÓLEO


O Programa de Mestrado e Doutorado em Ciências e Engenharia de Petróleo (CEP) constitui-se na CONTINUAÇÃO do antigo curso de Mestrado em Engenharia de Petróleo (MEP, 1987), sob novo nome, e que passou a incluir o doutorado. Desde 1997, iniciou-se uma integração do curso de Engenharia de Petróleo (criado em 1987 na FEM - Fac. Eng. Mecânica) com a área de Geoengenharia de Reservatórios (criada em 1991 no IG - Inst.de Geociências). A partir de 2001, o novo programa de pós-graduação (mestrado e doutorado) em Ciências e Engenharia de Petróleo passou a responder pelas atividades do curso antigo e seus docentes, assim como herdou a infra-estrutura existente. Assim sendo, este programa possui um longo histórico de 17 anos de trabalho e conquistas. O objetivo do Programa é oferecer uma formação com forte base científica para atuar na indústria de petróleo de forma crítica e criativa, na linha de frente de expansão do estado-da-arte. E, formar doutores para elaborar pesquisas, na indústria ou em instituições, para desenvolver metodologias, processos e tecnologias, com a finalidade de aperfeiçoar a explotação de petróleo. A proposta do curso é MULTIDISCIPLINAR e INTERINSTITUCIONAL, mantendo um núcleo de docentes para manutenção da polarização e intercâmbio de conhecimento científico e tecnológico na atividade de Explotação de Petróleo. O Programa possui um corpo docente fixo dedicado exclusivamente a esta atividade, e promove-se a participação de docentes de outros programas sob demanda. Os professores e alunos de engenharia de petróleo e de geoengenharia de reservatórios tem trabalhado juntos através de disciplinas, teses e projetos. A multidisciplinaridade destas atividades é atestada pelo variado perfil da formação dos alunos e professores (engenheiros, geólogos, químicos, físicos) e pelos trabalhos desenvolvidos através das duas áreas de concentração, Explotação e Reservatórios & Gestão, em diferentes linhas de pesquisa, tais como: Engenharia de Reservatórios, Geoengenharia de Reservatórios, Engenharia de Produção Petrolífera, Engenharia de Perfuração e Completação de Poços e Sistemas Marítimos de Produção. Estes trabalhos transcorrem em geral na Faculdade de Engenharia Mecânica e no Instituto de Geociências, com apoio do Centro de Estudos de Petróleo (Cepetro), numa integração que reflete a realidade da área do petróleo em todo o mundo. Para a defesa da Dissertação de Mestrado, o candidato portador de Diploma de Nível Superior (em áreas afins ao programa) deve completar 72 créditos em disciplinas. Para a defesa da Tese de Doutorado, o candidato portador do título de Mestre deve completar 54 créditos em disciplinas. Excepcionalmente, mediante comprovação de experiência acadêmica e científica certificada por parecer da Comissão de Pós-Graduação, e de excelente desempenho em disciplinas, um aluno pode ser transferido do curso de Mestrado para o Doutorado, sendo necessário cursar o total de 128 créditos (72 + 54 créditos, respectivamente do mestrado e doutorado). Em geral, a cada disciplina de 3 horas semanais em sala de aula correspondem 9 créditos. O curso de Mestrado em Ciências e Engenharia de Petróleo deve ser integralizado em um prazo mínimo de 12 meses, sendo o prazo máximo de 24 meses. O curso de Doutorado deve ser integralizado em um mínimo de 24 meses e em um máximo de 48 meses.

1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   276

Похожие:

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconInteressado(s): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – Divisão de Pós-Graduação

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconPrograma de Pós-Graduação em Design

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconCoordenação de Pós-Graduação em Informática

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconPRÓ-reitoria de pesquisa e pós-graduaçÃO

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconPrograma de pós-graduaçÃo em antropologia social

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconDepartamento de Pós-Graduação curso de especializaçÃo em

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconPÓs-graduaçÃo em engenharia mecânica área de: projetos

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconUniversidade Estadual da Paraíba Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Centro de Ciências e Tecnologia

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconDos Cursos de Graduação em Comunicação Social

20 anos de Pós-Graduação no ig-unicamp: uma coletânia dos resumos das iconRegulamento e Estrutura Curricular do Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Física, no nível de mestrado, do Centro de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal de Campina Grande

Разместите кнопку на своём сайте:
Библиотека


База данных защищена авторским правом ©lib.znate.ru 2014
обратиться к администрации
Библиотека
Главная страница