ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores




НазваниеParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores
страница120/231
Дата13.09.2012
Размер8.49 Mb.
ТипДокументы
1   ...   116   117   118   119   120   121   122   123   ...   231

Conclusões: Conclui-se portanto que os níveis de triglicerídeos diminuíram com a ingestão de Vitamina E sugerindo um efeito benéfico da mesma. Estes resultados denotam a importância da suplementação desta Vitamina em casos de alcoolismo crônico.

Apoio Financeiro: CNPq, FUJB, Katal


09.039


ESTUDO DO TRANSPORTADOR DE GLICOSE GLUT-4 CARDÍACO EM LACTENTES CUJAS MÃES FORAM SUBMETIDAS À DIETA RICA EM ÁCIDOS GRAXOS TRANS DURANTE A LACTAÇÃO. da Silveira Osso, F. *; Seixas Bello Moreira, A. *; Santos de Carvalho da Rocha, A.; Lopes da Costa, C.; Carmo, M. das G. T. do; Sanchez moura, A.; Fisiologia, UERJ; Fisiologia - IB, UERJ; Nutrição Aplicada - Instituto de Nutrição, UERJ; Centro de Ciências da Saúde, UFRJ; Nutrição, UFRJ.

Objetivo: Estudos mostram que quanto maior a concentração de ácidos graxos trans(AGT) na dieta materna, maior é sua concentração no leite. Sabe-se que os AGT da dieta estão associados à resistência insulínica. O objetivo deste trabalho foi avaliar no coração de lactentes de mães nutridas com dieta com alto teor de AGT o conteúdo do transportador de glicose GLUT4.

Métodos e Resultados: Ratas Wistar lactantes com 3 meses foram divididas em grupo controle(GC) e grupo trans(GT). As rações foram produzidas à base de caseína, respeitando as recomendações da AIN-93, sendo diferenciadas apenas pela fonte lipídica: GC - 9% de óleo de soja e GT - 7% de gordura vegetal parcialmente hidrogenada + 2% de óleo de soja para garantia dos ácidos graxos essenciais. Os lactentes foram avaliados no 14º dia da lactação (n=6) e a concentração de GLUT-4 cardíaco foi dosada pela técnica de Western Blotting. Foi observada uma redução significativa de 50% na concentração cardíaca de GLUT-4 no GT quando comparado ao GC.

Conclusões: O consumo materno de AGT durante a lactação, altera a concentração cardíaca de GLUT-4 nos lactentes, o que sugere uma possível resistência insulínica neste tecido causada pelos AGT.

Apoio Financeiro: CNPq, FAPERJ


09.040


EFEITO DA HIPERTENSÃO PORTAL NA GERAÇÃO DE ESTRESSE OXIDATIVO E A AÇÃO QUERCETINA NO ESTÔMAGO DE RATOS. Moreira, A. J. **; Fraga, C. G. S. *; Pavanato, M. A. **; Zettler, C. G.; Marroni, C. A.; Marroni, N. P.; Gastroenterologia, FFFCMPA; Medicine, FFFCMPA; Patologia - Fac. Medicina, FFFCMPA; Fisiologia, UFRGS; Fisiologia - CCBS, UFRGS; Fisioterapia, ULBRA.

Objetivo: Verificar o dano oxidativo no estômago e ação da quercetina em animais com hipertensão portal induzida por ligadura parcial de veia porta (LPVP).

Métodos e Resultados: Foram utilizados 30 ratos Wistar, machos, ±300g, divididos em 3 grupos (n=9): (I)SO (sham-operated), (II)LPVP; (III)LPVP+Q. No grupo SO não foi feita ligadura. A Q (50mg/Kg) foi administrada por via i.p. do 8o ao 14o dia pós-operatório. No 15º dia foi aferida a PP(mmHg). Amostras de estômago foram retirados para análise anatomopatológica e para avaliar a lipoperoxidação (LPO), através dos métodos de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS)(nmoles/mg proteína) e quimiluminescência (QL)(cps/mg proteína). Foi também determinada a atividade da catalase (CAT) (pmoles/g tecido) e superóxido dismutase (SOD)(U/g tecido). A estatística, foi utilizado teste Student-Newman-Keuls, com significância de p<0,05. A histologia observou presença de edema e vasodilatação nos animais com HP comparada ao grupo SO. Os valores para PP foram (I)11,87 ±4,6 (II)19,67±5,03 e (III)13,0±2,7, sendo significativo o aumento do grupo II com os demais grupos, p<0,05. Ocorreu diminuição da LPO no estômago (QL: (II)1109±610 e (III)673,6±386; e TBARS: (II)0,525±0,31 e (III) 0,309±0,17). Nos ratos com HP que receberam Q, essas reduções foram significativa com p<0,05. A redução da atividade da CAT no estômago no grupo III foi significativo comparado ao grupo II. Os valores foram 0,44±0,2 e 1,31±0,9, p<0,05. A atividade da SOD foi similar entre os grupos.

Conclusões: A HP por LPVP gera EAO. O uso da Q nos ratos com LPVP reduziu a PP, além de reduzir a LPO no estômago, demonstrada pelos valores de QL e TBARS. Não observou alteração na atividade SOD, apresentando diminuição significativa na atividade CAT. Assim, a quercetina protegeu o estômago contra o estresse oxidativo, e reduziu a PP dos ratos com hipertensão portal, possivelmente por sua ação sobre a circulação hiperdinâmica.

Apoio Financeiro: ULBRA, UFRGS


09.041


INDUÇÃO DA HIPERCOLESTEROLEMIA EM RATOS, USANDO A GEMA DE OVO. Barcellos Mendes, A. **; Sarto Figueiredo, M. *; Beltrane Daleprane, J. *; Boaventura, G. T.; Nutrição e Dietética, UFF.

Objetivo: Muitos são os modelos experimentais para estudar o tratamento de doenças cardiovasculares, neste estudo tentamos induzir a hipercolesterolemia nas ratas durante o período de lactação, utilizando uma ração enriquecida com gordura animal e gema de ovo.

Métodos e Resultados: Foram utilizadas Ratthus norvergicus, Rodentia mammalia, Wistar, lactantes com ninhada de 8 filhotes formando dois grupos de 6 animais: Grupo de Indução (GI) a hipercolesterolemia utilizando ração comercial Nuvital, enriquecida com 6% de gordura de porco e 1,2% de colesterol proveniente da gema de ovo; Grupo Controle (GC) recebendo ração a base de caseína com percentual normal de lipídeos. Todos os animais receberam água e ração ad libitum durante 21 dias. Após o desmame o sangue das mães foi coletado através de punção cardíaca para a avaliação do perfil lipídico utilizando Kits enzimáticos da BIOCLIN. Utilizou-se a Analise de Variância One way para análise múltipla das variáveis ao nível de p≤0,05. Quando detectada a significância estatística da variável, foi aplicado o teste de duas médias de Scheffe, utilizando-se o coeficiente de Bonferroni, descrevendo-os na forma de média ± desvios padrões Os valores de colesterol total séricos do GI (147,50 ± 8,34 mg/dl) foram significativamente superiores (p≤0,02) aos do GC (115,00 ± 8,56 mg/dl). Já os dados de HDL (115,33± 3,02 e 108,66± 3,16 mg/dl) respectivamente para o GI e GC não foram diferentes. Para os dados de triglicérides séricos do GI (170,00 ± 13,91 mg/dl) também foram encontrados diferenças significativas (p≤0,05) superiores aos do GC (114,16 ± 6,32 mg/dl). Analisando estes dados, observou-se uma elevação nos níveis tanto de colesterol total quanto nos níveis de triglicérides séricos do GI.

Conclusões: A ração enriquecida com gordura animal e gema de ovo conseguiram induzir a hipercolesterolemia e trigliceridemia nas ratas, podendo ser usada em futuros ensaios para estudar diferentes tratamento de doenças cardiovasculares.

Apoio Financeiro: UFF


09.042


EFEITO DA DIETA COM ÁCIDOS GRAXOS E FLAVONÓIDES SOBRE A CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICERÍDEOS, COLESTEROL,, HDL E LDL EM RATOS WISTAR. Sprada-Maia, e. R.; Longo, R. de C. dos A. *; Cerutti, I. C. *; Neitzke, S. *; Petris, S. *; Ota, C. C. C.; Farmacologia, UNIANDRADE; Fisiologia, UNIANDRADE.

Objetivo: Placas ateromatosas nas paredes vasculares representam a principal causa de doenças cardiovasculares, originárias da oxidação de estruturas lipídicas do sangue e de membranas celulares pelos radicais livres. Além da defesas antioxidantes naturais que o organismo dispõe, evidências tem apontado um papel anti-radicais livres de vários componentes dietéticos. Este trabalho verificou o efeito da utilização de flavonóides, como um antioxidante dietético sobre a concentração de lipídeos plasmáticas de ratos suplemetados com ácidos graxos.

Métodos e Resultados: Ratos Wistar desde o desmame até 90 dias foram suplementados oralmente com gordura saturada (S) ou insaturada (I) (1g/Kg/p.c.). Estes animais (n=20), foram divididos em dois subgrupos (n=10) onde um grupo além da suplementação com ácido graxo recebeu flavonóide presente em suco de uva concentrado. Após 69 dias de suplementação foram sacrificados, as amostras de sangue retiradas e processadas para avaliações bioquímicas. Os resultados representam média ±epm dos grupos. As comparações entre os grupos foi realizada empregando-se teste t Student, com nível de significância para p<0,05. A concentração de triglicerídeos no grupo N foi de 127±9.7, no S foi de 125±4.4, no I foi de 142.3±4.6, no NF foi de 112.6±6.5, no grupo SF foi de 131.9±9.8 e no grupo IF foi de 141.1±10.8. A concentração de colesterol não diferiu entre os grupos com média de 78 ± 3.3 para o grupo N, 75.6 ± 3.1 para o grupo S, 80.1 ±4.9 para o grupo I, 75.5 ± 3.3 para o grupo NF, 83.5 ± 2.7 para o grupo SF e 78.8 ± 2.98 para o grupo IF. Não foi observado diferenças significativas, para a concentração de HDL e LDL entre os grupos estudados.

Conclusões: A suplementação crônica com diferentes ácidos graxos não foi capaz de alterar as concentrações dos lipídeos plasmáticos, já a adição de flavonóide foi capaz de promover alteração significativa na concentração de triglicerídeos para o grupo sem suplementação com ácido graxos quando comparados aos demais grupos experimentais.


09.043


EFEITO DO GLUTAMATO MONOSSÓDICO NO DIABETES MELLITUS EXPERIMENTAL. Diniz, Y. **; Faine, L. A. **; Rodrigues, H. *; Galhardi, C. **; Fernandes, A. A. H.; Mani, F.; Cicogna, A. C.; Novelli, E. L. B.; Química e Bioquímica, Instituto de Biociências/IB; Química e Bioquímica - Instituto de Biociências, UNESP - Botucatu.

Objetivo: A suplementação nutricional com glutamato de sódio (GMS) tem sido utilizada para aumentar a palatabilidade e a ingestão alimentar. O objetivo deste trabalho foi determinar os efeitos da adição de GMS em dietas, sobre as concentrações séricas de insulina, leptina, glicemia, teste oral de tolerância à glicose (TOTG) e estresse oxidativo (EO) em ratos submetidos ao diabetes mellitus (DM) experimental.

Métodos e Resultados: Ratos machos Wistar, 24 animais de 21 dias (63±4g) foram divididos em 4 grupos(n=6): (A) não diabético,mantido com ração controle; (B) não diabético tratado com ração suplementada com 100mg/Kg de GMS; (C) diabético mantido com ração controle e (D) diabético tratado com ração contendo GMS. DM foi induzido em C e D, através da administração ip de estreptozotocina (60mg/Kg). Após 45 dias de tratamento foi realizado o TOTG e a glicemia determinada pela veia caudal antes, 30,60,120 e 240 min. após administração de glicose (3mg/Kg). Diferenças significantes dos resultados em média e devios-padrão, foram consideradas p<0,05 (ANOVA e pós-teste de Tukey). Grupo C apresentou hiperglicemia(393%), hipoinsulinemia(99,3%) e diminuição nas substâncias antioxidantes totais no soro(SAT)(33%). Grupo D apresentou elevação na leptina (81%). GMS diminuiu SAT no grupo B(26%) e no D(59%). Animais do grupo B não apresentaram variação na glicemia, embora tenham apresentado hiperinsulinemia (166%). GMS elevou a glicemia (10%) e a insulina no grupo D (0,026±0,0013nmol/ml) em relação ao grupo C (0,0015±0,0003nmol/ml). Aos 240 min no TOTG, a glicemia permaneceu elevada em B (7%), em C (13%) e em D (40%). Não foram observadas alterações no hidroperóxido de lipídio (HP).

Conclusões: Adição de GMS nas dietas induziu hiperinsulinemia, hiperglicemia e alteração no TOTG, agravando as alterações no DM. Embora não tenham sido observadas alterações nas concentrações de HP, os efeitos adversos do GMS foram associados ao EO, desde que GMS induziu diminuição na concentração de SAT.

Apoio Financeiro: CNPq


09.044


QUANTIFICAÇÃO DO COLÁGENO EM FÍGADO DE RATOS CIRROTICOS INDUZIDOS POR TETRACLORETO DE CARBONO (CCl4) INALATÓRIO E A AÇÃO DA N-ACETILCISTEÍNA (NAC). Tieppo, M. *; Vercelino, R. *; Ferreira, C. *; Piccoli, V. *; Pereira Filho, G. *; Frota, A.; Marroni, N. P.; Medicina, FFFCMPA; Fisiologia, UFRGS; Medicina, UFRGS; Farmácia, ULBRA; Medicina, ULBRA.

Objetivo: A fibrose hepática apresenta um papel importante na maioria das desordens crônicas do fígado, o qual o colágeno que é uma proteína fibrosa está diretamente envolvida. Em situação de cirrose hepática a fibrose está presente em maior ou menor grau. O uso da NAC em animais cirróticos, exerce um efeito antioxidante indiretamente favorecendo à síntese de GSH. Esse trabalho teve como objetivo quantificar o colágeno em fígados de ratos cirróticos, induzidos experimentalmente por inalação de CCl4, comparados a ratos controle e tratados com NAC.

Métodos e Resultados: Foram utilizados ratos machos Wistar, com peso médio de 250g. Os animais foram separados em quatro grupos: I- Controle (n=4); II- Controle + NAC (10mg/Kg/dia i.p.) (n=3); III- CCl4 (n=2); IV- CCl4 + NAC (n=2). A cirrose foi induzida por via inalatória de CCl4 (2x por semana) durante treze semanas. Todos os grupos receberam fenobarbital na água de beber (0,3g/L). O colágeno foi determinado pelo método descrito por Rojkind e González (1974) medindo hidroxiprolina em amostras de fígado após digestão ácida. A análise estatística utilizada ANOVA seguida de Teste “t” de Student (p<0,05). A quantificação do colágeno (mg/g de tecido) apresentou os seguintes resultados (média±erro padrão da média): (I) 27,99 + 11,32; (II) 69,56 + 22,5; (III) 156,73 + 52,38*; (IV) 45,23 + 23,34 (* difere dos grupos II e IV p<0,05 e do grupo I com p<0,01).

Conclusões: Conclusão: Os dados obtidos sugerem que a NAC pode contribuir para diminuir a deposição do colágeno em fígados de ratos cirróticos.

Apoio Financeiro: ULBRA, CNPq, PIBIC


09.045


EFEITO DA N-ACETILCISTEÍNA (NAC) SOBRE O ESTRESSE OXIDATIVO NO MODELO EXPERIMENTAL DE CIRROSE. Ferreira, C. *; Pereira Filho, G. *; Piccoli, V. *; Marroni, N. P.; Zettler, C.; Medicina, FFFCMPA; Patologia, FFFCMPA; Fisiologia, UFRGS; Medicina, UFRGS; Medicina, ULBRA.

Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a ação protetora da NAC sobre o estresse oxidativo em fígados de ratos cirróticos por inalalação de CCl4, utilizando a peroxidação lipídica e a atividade das enzimas catalase e superóxido dismutase, bem como as provas de função hepática e a histologia.

Métodos e Resultados: Foram utilizados ratos Wistar machos, com peso de +250g, divididos em 4 grupos: I- Controle(n=5); II- Controle+NAC(n=5); III- Cirrótico(n=5); IV– Cirrótico+NAC(n=5). Os animais foram submetidos a inalações de CCl4 (2x por semana) durante 16 semanas. Todos os grupos receberam fenobarbital na água de beber (0,3g/L). A NAC (10mg/Kg/dia i.p.) foi iniciada após a 10ª semana de inalação, quando foi constatado que os animais já se encontravam cirróticos. A análise estatística utilizada foi ANOVA e teste “t” de Student (média e EPM). As provas de função hepática (AST, ALT, BT, BD, Albumina, FA) sugeriram um aumento significativo de lesão tecidual no grupo CCl4, quando comparado aos demais (p<0,001). A lipoperoxidação foi avaliada através de TBARS (hmoles/mg proteína), demonstrando maior dano de membranas celulares no grupo III e indicando dano reduzido no grupo IV, que obteve valores semelhantes aos do controle: (I)0,96+0,34; (II)0,67+0,26; (III)2,08+0,56*; (IV)1,07+0,68 (*diferindo dos grupos I, II e IV, p<0,001). Na atividade da catalase(rmoles/g proteína) obtivemos: (I)6,94+0,9; (II)9,59+0,7; (III)11,5+1,37*; (IV)6,85+0,5; (* diferindo dos grupos I e IV, p<0,05). Quanto a SOD (U/g) encontramos: (I)14,32+5,75; (II)17,64+2,30; (III)16,68+3,51; (IV)56,53+1,35* (*diferindo dos grupos I, II e III, p<0,001). Na análise histológica por Picrosírius, os animais do grupo III apresentaram fibrose severa, enquanto o grupo IV apresentou fibrose suave a moderada.
1   ...   116   117   118   119   120   121   122   123   ...   231

Похожие:

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconEstudo da expressão da proteína fos no sistema nervoso central de roedores, após administraçÃo da 6-hidroxitripargina

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconAbrolhos uma nova metodologia de desenvolvimento de software

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconMestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável e Qualidade de Vida

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconКнига по новейшей версии языка Visual C# 2005
Жарков В. А. Компьютерная графика, мультимедиа и игры на Visual C# 2005. – М.: Жарков Пресс, 2005. – 812 с
ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconКурс ms 2543 Core Web Application Technologies with Microsoft Visual Studio 2005, (Базовый курс по технологии разработки Web приложений с использованием Microsoft Visual Studio 2005) Продолжительность курса
Цель данного курса — получение знаний и навыков по разработке Microsoft asp. Net 0 Web приложений с использованием Microsoft Visual...
ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconAvaliaçÃo do impacto das propriedades microfísicas de nuvem no desenvolvimento da precipitaçÃo usando o modelo rams

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconSistema Bibliotecario di Ateneo

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconSistema Bibliotecario di Ateneo

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconSistema Bibliotecario di Ateneo

ParticipaçÃo da laminina no desenvolvimento e plasticidade do sistema visual de roedores iconDiretoria do sistema de bibliotecas

Разместите кнопку на своём сайте:
Библиотека


База данных защищена авторским правом ©lib.znate.ru 2014
обратиться к администрации
Библиотека
Главная страница